Estação Férias – Lugares para Mirar abre programação de julho do Museu

Projeto vai promover atividades de escrita e leitura em voz alta, além de oficinas artísticas e contação de histórias, entre os dias 1º e 24 de julho, no Saguão B, com entrada e participação gratuitas 

O projeto Estação Férias – Lugares para Mirar marca o início da programação das férias de julho do Museu da Língua Portuguesa, instituição do Governo do Estado de São Paulo. Entre os dias 1º e 24 de julho, de terça a domingo, das 10h às 17h, oficinas artísticas e contação de histórias, além de atividades de escrita e leitura em voz alta, serão oferecidas gratuitamente para pessoas de todas as idades.  

Entre as atividades programadas, estão uma oficina de criação de livros para crianças a partir dos 12 anos; uma oficina para criação de binóculos de mirar paisagens poéticas, para toda a família; e uma oficina para contação e escrita de sonhos, também para toda a família.  

Todas essas ações, realizadas pela A Casa Tombada em parceria com o Museu da Língua Portuguesa, serão baseadas nas obras infantojuvenis do escritor José Saramago, cujo centenário tem sido celebrado pelo Museu desde o início do ano. Inclusive, um de seus livros serviu de inspiração para a instalação O Conto da Ilha Desconhecida, que ocupa o Saguão B, onde os encontros e as ativações socioeducativas do Estação Férias vão acontecer.  

Confira detalhes das atividades abaixo: 

Terça a domingo, das 10h às 17h
Atividades regulares
Atividades de escrita, leitura em voz alta, construção de novas narrativas e entendimento de significados diferentes para uma mesma palavra serão oferecidas a quem passar pelo saguão B do Museu da Língua Portuguesa.     

2 de julho, às 14h
Oficina Página, Paisagem
Os participantes serão convidados a criar livros com diferentes materialidades e narrar as paisagens criadas em cada página. A oficina será ministrada por Camila Feltre, coordenadora da pós-graduação O Livro para a Infância, n’A Casa Tombada, e doutoranda em Arte Educação no Instituto de Artes da Unesp (Universidade Estadual Paulista).
(especialmente para maiores de 12 anos) 

9 de julho, às 14h
Oficina Lugares de Mirar
A partir da escuta de trechos de O Conto da Ilha Desconhecida, os participantes serão convidados a construir binóculos para mirar novas paisagens poéticas. A responsável por esta oficina será a artista visual e educadora Mariana Galender, cocoordenadora do curso de pós-graduação sobre escrita n’A Casa Tombada.
(especialmente para crianças até 4 anos de idade) 

16 de julho, às 14h 
Oficina Objetos Poéticos para o Cotidiano 
Os participantes serão convidados a criar objetos poéticos para fazer viagens pelo cotidiano com inspiração em O Conto da Ilha Desconhecida. Fernanda Carnevalli cuidará desta atividade: formada em artes cênicas pela Escola de Comunicação e Artes da USP (Universidade de São Paulo), ela é artista, educadora e formadora de professoras, além de criadora do projeto “objetos de cuidado poético”.
(para toda a família) 

23 de julho (sábado), às 14h 
Oficina Sonho e imaginação
Os participantes serão convidados a contar e a escrever os seus sonhos e, então, a construir instrumentos para materializar e dar visibilidade a eles. Com Rochele Beatriz, que desenvolve pesquisa em arte têxtil e ministra oficinas e vivências on-line de bordado livre.
(para toda a família) 

Aos domingos, das 10h30 às 11h30
Estação Famílias especial: Contos sobre ilhas desconhecidas – Narração de histórias
Contadores de histórias vão partilhar contos que abordam temas como sonho, distopia, devaneio e imaginação. Nos dias 3 e 24 de julho, a atriz e professora Leticia Liesenfeld, que pesquisa sobre as poéticas da intimidade, será a responsável pela atividade. No dia 10, a ação ficará a cargo de Magno Faria, que possui especialização em Arte de Contar Histórias – Abordagens poética, literária e performática pela A Casa Tombada. No dia 17, quem assumirá a oficina será Mafuane Oliveira, pesquisadora, educadora e mestranda no Instituto de Artes da Unesp (Universidade Estadual Paulista), além de criadora da Cia. Chaveiroeiro e apresentadora na TV Rá Tim Bum.
(para toda a família)  

Serviço
Estação Férias – Lugares para Mirar
De 1º a 24 de julho
De terça a domingo, das 10h às 17h  
Saguão B do Museu da Língua Portuguesa  
Grátis (basta comparecer na data e no horário marcados das atividades, que, claro, estão sujeitas à lotação)    

Museu da Língua Portuguesa
Praça da Luz s/n – Luz – São Paulo  
De terça a domingo, das 9h às 16h30 (permanência até 18h)  
R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia)  
Grátis para crianças até 7 anos  
Grátis aos sábados  
Acesso pelo Portão A (em frente à Pinacoteca)  
Venda de ingressos na bilheteria e pela internet 

Translate »
Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support
 
O conteúdo do nosso site pode ser acessível em Libras usando o VLibras