Museu promove o curso virtual Nhe’ẽ Porã: Memória e Transformação na Sala de Aula

Baseadas no conteúdo da mostra temporária sobre línguas indígenas do Museu, aulas gratuitas visam ajudar professores a preparar visitas à exposição com estudantes e incluí-la no planejamento curricular de 2023; a curadora Daiara Tukano ministra uma das apresentações. Atenção: a programação do curso, que começaria no dia 9, precisou ser alterada. A primeira aula, agora, será no dia 16. 

O Museu da Língua Portuguesa, instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, promove o curso on-line Nhe’ẽ Porã: Memória e Transformação na Sala de Aula neste mês de novembro. Em três aulas virtuais e gratuitas, nos dias 16, 23 e 30 (sempre às quartas-feiras), das 19h30 às 21h30, pesquisadoras envolvidas na mostra temporária do Museu, que aborda as línguas e culturas dos povos originários no Brasil, vão falar sobre o processo curatorial da exposição, explicar como o seu conteúdo pode ser levado para a sala de aula e esmiuçar as características de algumas famílias linguísticas indígenas. 

O curso é voltado, principalmente, para professores, sem restringir a participação de demais interessados no assunto. Para participar, não é necessário fazer inscrição, basta acompanhar a aula que será transmitida, ao vivo, no YouTube do Museu da Língua Portuguesa – após a transmissão, elas ficarão disponíveis no canal. Uma lista de presença será disponibilizada em cada encontro: aqueles que assistirem às três aulas receberão certificado de participação. 

A primeira aula, intitulada Língua, Memória e Transformação, no dia 16 de novembro, será comandada pela ativista, educadora e comunicadora Daiara Tukano, curadora da exposição Nhe’ẽ Porã: Memória e Transformação. Ela vai apresentar os principais conceitos que estruturam o projeto curatorial e abordar a importância da mostra no contexto brasileiro e mundial atual. 

No dia 23 de novembro, é a vez de Luciana Storto, professora do Departamento de Linguística da USP (Universidade de São Paulo), dar a aula. No encontro A Família Linguística Tupi e as Línguas Indígenas no Brasil, ela vai desfazer mal-entendidos sobre a classificação desta família linguística relacionados ao papel do Tupi-Guarani na história do Brasil e da América do Sul. Além disso, ela, que atuou como consultora especial de Nhe’ẽ Porã: Memória e Transformação, pretende elucidar a diferença entre o Tupi Antigo e as chamadas Línguas-Gerais (paulista e amazônica) e também apresentar outras famílias linguísticas, como Macro-Jê, Karib, Aruak e Tukano. 

Na última aula do curso, Pensar a Diferença em Sala de Aula, no dia 30 de novembro, a doutora em Antropologia Majoí Gongora, partindo do conteúdo sobre os povos indígenas encontrado na mostra Nhe’ẽ Porã: Memória e Transformação, vai destacar questões que podem ser abordadas em sala de aula, valorizando a riqueza e a diversidade dos povos originários. Coordenadora de pesquisa e assistente curatorial da exposição temporária do Museu, ela também visa discutir os desafios enfrentados hoje pelos povos indígenas. 

O curso é uma ótima oportunidade para professores já prepararem materiais para visitar a exposição Nhe’ẽ Porã: Memória e Transformação com os estudantes no início do ano letivo de 2023. Com o conhecimento obtido nas três aulas, será possível também saber o melhor momento para, dentro do cronograma curricular, incluir um passeio ao Museu no primeiro semestre do próximo ano. A mostra ficará em cartaz até 23 de abril. 

A exposição Nhe’ẽ Porã: Memória e Transformação conta com a articulação e o patrocínio máster do Instituto Cultural Vale, o patrocínio do Grupo Volvo e da Petrobras, e o apoio de Mattos Filho – todos por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura. Conta, ainda, com a cooperação da UNESCO, no contexto da Década Internacional das Línguas Indígenas, e das seguintes instituições: Instituto Socioambiental, Museu da Arqueologia e Etnologia da USP, Museu do Índio da Funai e Museu Paraense Emílio Goeldi.  

SERVIÇO
Curso On-line Nhe’ẽ Porã: Memória e Transformação na sala de aula
Dia 16 (Aula Memória, Língua e Transformação, com Daiara Tukano)
Dia 23 (Aula A Família Linguística Tupi e as Línguas Indígenas no Brasil, com Luciana Storto)
Dia 30 (Aula Pensar a Diferença em Sala de Aula, com Majoí Gongora)
Às quartas-feiras, das 19h30 às 21h30
No YouTube do Museu da Língua Portuguesa
Grátis 
Sem necessidade de inscrição: uma lista de presença será disponibilizada em cada aula (quem participar dos três encontros receberá certificado de participação) 

Exposição temporária Nhe’ẽ Porã: Memória e Transformação
De 12 de outubro de 2022 a 23 de abril de 2023
R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia)  
Grátis para crianças até 7 anos  
Grátis aos sábados  
Acesso pelo Portão A  
Venda de ingressos na bilheteria e pela internet 
 

Translate »
Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support
 
O conteúdo do nosso site pode ser acessível em Libras usando o VLibras