“Sonhei em português!”, nova exposição do MLP, será inaugurada em 12 de novembro; ingressos já estão à venda

Sonhei em português!, a nova exposição temporária do Museu da Língua Portuguesa, instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, já tem data confirmada de inauguração. Os visitantes poderão apreciá-la a partir do dia 12 de novembro.  

A mostra tematiza a questão da migração no século XXI, mostrando como tal experiência é atravessada pela questão da língua. Com curadoria de Isa Grinspum Ferraz, a exposição ficará em cartaz até junho de 2022, no primeiro andar da sede do museu, localizado na Estação da Luz, em São Paulo, tradicional ponto de partida e chegada de migrantes no coração do bairro do Bom Retiro, que também tem todo o seu povoamento baseado na imigração.

O título vem de um dos depoimentos exibidos na exposição e alude ao momento simbólico em que o imigrante concretiza sua ligação pessoal com a terra que o recebeu. “As línguas são diferentes porque refletem ideias, valores, conhecimentos e visões do universo também diferentes entre si. Cada língua é uma visão do cosmo, com seus provérbios, suas sonoridades, seus ritmos e sua poética própria. Cada uma delas organiza a seu modo a experiência do mundo”, explica a curadora Isa Grinspum Ferraz. Entre os migrantes que aparecem na mostra estão a chinesa Si Lao, o senegalês Papa Faty Diaw e a paraguaia Maria Teresa Ayala de Pereira (fotos em anexo). Brasileiros que foram morar no exterior também relatam suas histórias de vida.

Sonhei em português!, em processo de montagem ao longo de outubro, terá experiências visuais, audiovisuais, ambientes sonoros e obras criadas exclusivamente para o projeto. Nomes como a cantora e pesquisadora Fortuna, a diretora da Associação Cultural Videobrasil Solange Farkas e o artista Edmar de Almeida participam da exposição. Completam o time convidado pela curadoria do Museu da Língua Portuguesa, o poeta Augusto de Campos, o artista Leandro Lima, o documentarista Marco Del Fiol, o Coletivo Bijari e o Estúdio Laborg.

A exposição temporária Sonhei em português! conta com patrocínio do Grupo Volvo e apoio do Mattos Filho Advogados, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura.

SOBRE O MUSEU DA LÍNGUA PORTUGUESA
A reconstrução do Museu da Língua Portuguesa é uma realização do Governo Federal, por meio do Ministério do Turismo, e do Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa, concebida e realizada em parceria com a Fundação Roberto Marinho. A EDP é patrocinadora máster e os patrocinadores são Grupo Globo, Itaú Unibanco e Sabesp – todos por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura. O apoio é da Fundação Calouste Gulbenkian.   

A Temporada 2021 do Museu conta com patrocínio do Grupo Volvo e do Itaú Unibanco, apoio da Booking.com e do Grupo Ultra e das empresas parceiras Cabot, Mattos Filho Advogados, Faber-Castell, Verde Asset Management e Bain&Company. Rádio CBN, Revista Piauí e Guia da Semana são seus parceiros de mídia. O IDBrasil Cultura, Educação e Esporte é a Organização Social responsável pela sua gestão. A Temporada é realizada pelo Ministério do Turismo, por meio da Lei de Incentivo à Cultura.

SERVIÇO
Exposição temporária “Sonhei em português!”
A partir de 12 de novembro
R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia)
Grátis para crianças até 7 anos
Grátis aos sábados
Acesso pelo Portão A (em frente à Pinacoteca)
Vendas de ingressos pela internet

Museu da Língua Portuguesa 
Praça da Luz s/n – Luz – São Paulo
De terça a domingo, das 9h às 16h30 (permanência até 18h)
www.museudalinguaportuguesa.org.br  

 

Translate »
Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support
 
O conteúdo do nosso site pode ser acessível em Libras usando o VLibras